Cemitério tem nova expansão, mas prefeitura alega falta de dinheiro para concluir


O prefeito de Prata confirmou que uma nova área será liberada para um novo cemitério municipal. O problema já é de 20 anos e, o cemitério que já tem cerca de 70 anos tem, estima-se, cerca de 5 mil pessoas enterradas no local. Entretanto, o número é, pelo menos, o dobro de corpos que foram projetados para o espaço.

Está em uma situação muito crítica

A situação é tão crítica que o cemitério de Prata passa por situações do tipo: restos mortais espalhados e à mostra, caixões deteriorados jogados sobre os túmulos, entre outras situações deploráveis. Sem organização no local, o cemitério se mostra um local de completo abandono. Existem famílias que não conseguem mais achar os túmulos de seus entes queridos.

Tentar evitar uma calamidade

Outro relato é que até 5 pessoas já foram enterradas no mesmo local, para garantir que os corpos não fiquem expostos. A situação de calamidade, porém, já tem solução. Entretanto, segundo o prefeito do município de Minas Gerais, o problema é o dinheiro para acabar a obra do novo endereço do cemitério da cidade.

Segundo a prefeitura, uma nova área já foi comprada e a obra para deixar o novo cemitério de 22 mil m2 pronto custará algo em torno de R$ 1,5 milhão. A questão agora é onde arrumar o dinheiro para fazer com que o novo cemitério fique disponível para novos enterros.

João Costa

João Costa é o nosso Editor Chefe. Formado em publicidade e direito pela USP, o João teve passagens pelos principais meios de notícias nas mídias sociais brasileiras. Com amor e dedicação ao jornalismo, atualmente João comanda a redação do "Notíciagora".