Famosa artista de Hollywood morre de forma trágica e emociona o Mundo


O mundo do espetáculo está de luto! A atriz e diretora Penny Marshall, a primeira mulher a arrecadar mais de 100 milhões de dólares com um filme, morreu na segunda-feira em Los Angeles aos 75 anos.

Muito famosa no mundo anglo-saxão por ter participado da série “Laverne & Shirley” na década de 1970, sucumbiu às complicações relacionadas a sua diabetes, segundo o comunicado.

“Quando Penny dirigiu Tom Hanks em ‘Quero ser grande’ (1988) se tornou a primeira mulher na história a fazer um filme que arrecadou mais de 100 milhões de dólares”, destaca o comunicado, recordando que ela reeditou o feito quatro anos mais tarde com “Uma equipe muito especial”, filme sobre o início da liga de beisebol feminina nos Estados Unidos.

Morre um dos grandes nomes de Hollywood

A americana se destacou ainda como diretora. Comandou, por exemplo, Salve-me Quem Puder (1986), protagonizado por Whoopi Goldberg, e Quero Ser Grande(1988), estrelado por Tom Hanks – e o primeiro longa dirigido por uma mulher a arrecadar mais de 100 milhões de dólares nos Estados Unidos.

Como garante o site “Veja”, outro filme comandado por ela, Uma Equipe Muito Especial (1992), também foi protagonizado por Hanks e superou a marca de 100 milhões de dólares em bilheteria no país americano. Já com Tempo de Despertar (1990), Penny se tornou a segunda mulher na história a ter dirigido um filme indicado ao prêmio principal do Oscar.

Penny Marshall dirigiu muitas celebridades, incluindo Geena Davis e Madonna, Robert De Niro e Robin Williams, Whoopi Goldberg, Denzel Washington e Whitney Houston. E também deu a Mark Wahlberg o seu primeiro papel.

João Costa

João Costa é o nosso Editor Chefe. Formado em publicidade e direito pela USP, o João teve passagens pelos principais meios de notícias nas mídias sociais brasileiras. Com amor e dedicação ao jornalismo, atualmente João comanda a redação do "Notíciagora".