in ,

Autoridades em alerta: Nova nuvem de gafanhotos pode chegar ao Brasil

Novamente, o Brasil está na miras dos gafanhotos e, desta vez, a nuvem dos parasitas se encontra a aproximadamente 300 quilômetros de distância entre a fronteira do país com a Argentina.

PUBLICIDADE

Essa nuvem começou no Paraguai e já deixou as autoridades brasileiras preocupadas com a possível vinda para o teritório nacional. Especialista se preocupam principalmente com o risco de destruição de plantações brasileiras.

De acordo com o site UOL, esses parasitas estão localizados no Parque Nacional Defensores Del Chaco, que fica na região de Teniente Pico, no Paraguai. A distância da cidade para o Brasil ou a Argentina é de apenas 300 quilômetros.

PUBLICIDADE

Entretanto, dependendo de como vão estar as condições climáticas, por exemplo, se forem favoráveis, de acordo com o Senave (Serviço Nacional de Qualidade e Sanidade Vegetal e de Sementes do Paraguai), pode ser que os gafanhotos tomem outro caminho e comecem a ir na região de Boquerón, que faz fronteira com a Argentina e Bolívia, ou Alto Paraguai, divisa da Bolívia e Brasil com o Paraguai.Mas existe sim uma grande chance desses insetos irem para a região sul da Argentina e, assim, chegarem ao Brasil, passando pelo Rio Grande do Sul. A probabilidade dessa rota é grande, tanto que especialistas no assunto já fizeram um alerta nacional sobre a possível chegada das nuvens.

Vale lembrar que, no fim de junho, o Brasil estava correndo risco iminente de uma nuvem como essas. Eram mais de 400 milhões de gafanhotos, eles estavam passando pela a Argentina e chegaram a se aproximar do Rio Grande do Sul.

PUBLICIDADE

Entretanto, por causa das baixas temperaturas e dos dias chuvosos que estavam ocorrendo naquele período, os insetos acabaram ficando “parados” no local de origem.

Apesar disso, neste último sábado, 11 de julho, de acordo com o UOL, esses insetos acabaram avançando 14 quilômetros em direção à fronteira nacional com a Argentina, próximo ao Rio Grande do Sul, e a maior preocupação é de que os gafanhotos consigam avançar mais durante o final de semana, em razão da previsão de aumento na temperatura.

PUBLICIDADE

Escrito por Ana Carolina Alves da Silva

Redatora há 2 anos, escrevo sobre o mundo dos famosos, curiosidades, relacionamentos e sempre vou em busca de me manter atualizada, para levar o melhor conteúdo aos meus leitores.