in

Auxílio emergencial: 3 ou 5 parcelas? A dúvida de quem foi aprovado só agora é respondida

O último dia para fazer o cadastramento para receber o auxílio emergencial oferecido pelo Governo Federal foi encerrado no dia 2 de julho. As últimas pessoas que fizeram o cadastro recentemente estão aguardando a notícia de se conseguiram ou não serem aprovadas para receber esse dinheiro. As respostas serão divulgadas pelo aplicativo da Caixa.

PUBLICIDADE

Este auxílio começou a ser pago em abril, entretanto, muitas pessoas tiveram problemas para serem aprovadas e, por causa disso, precisaram se cadastrar novamente.

Nesses últimos dias, foi anunciado que o auxílio será prorrogado por mais duas parcelas. No começo, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, falou que provavelmente teriam mais três parcelas, de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Mas, por fim, o governo manteve o valor de duas parcelas de R$ 600.

PUBLICIDADE

Até o momento, temos a confirmação que terão apenas mais duas parcelas. Então, serão cinco parcelas no valor de R$ 600. Vale lembrar que, para mães ou pais responsáveis pela família e pela única fonte de renda da casa, eles terão o direito de ter o dobro do valor de R$ 600, então as parcelas nesses casos, são de R$ 1.200.Quando anunciaram as parcelas extras, estavam presentes o presidente Jair Bolsonaro e seus dois ministros mais próximos, Onyx Lorenzoni (Cidadania) e Paulo Guedes (Economia). Além desses, outros ministros estavam participando, junto com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal.

E, afinal, pessoas que foram aprovadas recentemente irão receber quantas parcelas do auxílio emergencial? São mais de 60 milhões de brasileiros que foram aprovadas para receber a ajuda do governo com o benefício do auxílio emergencial.

PUBLICIDADE

Mas, existe uma grande dúvida entre os cidadãos brasileiros que foram aprovadas recentemente, muitas dessas pessoas estão se perguntando se terão direito apenas a 3 parcelas ou se elas vão receber as cinco parcelas, como aconteceu para as pessoas que foram aprovadas em abril (mês em que o auxílio começou)

O Ministério da Cidadania informou que todos que foram aprovados recentemente vão receber as cinco parcelas do auxílio.

PUBLICIDADE

Escrito por Ana Carolina Alves da Silva

Redatora há 2 anos, escrevo sobre o mundo dos famosos, curiosidades, relacionamentos e sempre vou em busca de me manter atualizada, para levar o melhor conteúdo aos meus leitores.