in ,

Brasileiros no Líbano falam sobre como foi a explosão: ‘sentimos como se fosse um terremoto”

O Líbano está recebendo atenção mundial após uma explosão de grandes proporções atingir a região portuária de Beirute. A embaixada do Brasil ainda não confirmou se algum brasileiro se feriu na explosão, mas alguns já foram ouvidos.

PUBLICIDADE

O portal G1 conseguiu entrar em contato com um alguns brasileiros residentes e ouviu suas experiências com a explosão. Em abril deste ano, o Itamaraty informou que haviam pelo menos 43 civis brasileiros no Líbano. Além disso, são pelo menos 200 militares brasileiros no país.

Rosaly Bouassi nem sequer mora próximo da região portuária, mas conta que sentiu o tremor dentro de casa e achou que havia acontecido algo em sua rua. Ela conta que vidros quebraram dentro da casa e cadeiras foram parar “cada uma para um lado”.

PUBLICIDADE

Além disso, Bouassi conta que as explosões duraram algum tempo, causando uma sensação de terremoto. “Foi muito forte, terrível”, afirma. Rosaly também ressalta a forte onda de solidariedade que os libaneses adotaram nesse momento. Diante da situação, a população deixou de lado a pandemia de covid para ajudar uns aos outros.

Outra ouvida foi Gilmara Souza, que conta ter sentido também um forte tremor. Ela relata que primeiro foi conferir se a filha estava bem e depois começou a assimilar o que havia acontecido. “Senti que a guerra recomeçou aqui”, conta.

PUBLICIDADE

Liamara Vincentim estava a cerca de 7 quilômetros de distância da explosão, caminhando pela portaria do prédio onde mora, quando vidraças começaram a explodir na rua. Ela conta que a princípio não entendeu nada, mas as pessoas começaram a gritar da janela das casas.

PUBLICIDADE

Escrito por Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.