in

Brincadeira de criança acaba em destruição de obra estimada em US$64 mil

A manipulação do vidro é uma arte milenar e a China possui um museu em homenagem a essa belíssima técnica: o Glass Museum, de Xangai. No local, os visitantes podem ter a experiência de soprar o vidro, contemplar obras elaboradas e até interagir com algumas.

PUBLICIDADE

Há dois meses atrás, duas crianças extrapolaram o conceito de interação em suas visitas ao lugar. Estavam se sentindo tão à vontade que acharam legal a ideia de brincar de correr… dentro do museu. A brincadeira não acabou nada bem, para desespero dos seus pais.

Tanta correria acabou por acarretar em um acidente sem precedentes. É que as crianças destruíram praticamente todo o famoso Castelo da Cinderela, uma cópia do que está na Flórida, no Disney World Resort.

PUBLICIDADE

(Fonte: Museu do Vidro de Xangai/Reprodução)

A obra era uma das mais requisitadas do museu e entrou em exposição no ano de 2016. De autoria do artista Miguel Arribas, ficou conhecida por ser a escultura de vidro soprado de maior tamanho em todo o mundo. Pesando cerca de sessenta quilos, tinha o seu valor avaliado em sessenta e quatro mil dólares.

PUBLICIDADE

Os administradores do Museu de Xangai lamentaram o ocorrido, visto que muitas pessoas ao visitarem o local têm um interesse latente em conhecer o Castelo da Cinderela de vidro soprado, um dos ícones da exposição.

Os pais das duas crianças se pronunciaram e afirmaram que farão o possível para ajudar na restauração da obra, o quanto antes.

PUBLICIDADE

Escrito por VANESSA B

Escreve de tudo um pouco: notícias do dia, curiosidades, ciências... basta ter um bom café pra animar a prosa.