in

Governo analisa possibilidade de estender auxílio emergencial até o fim de 2020 e diz quanto deve ser o valor

De acordo com informações do Jornal “O Globo”, o Governo Federal cogita estender o auxílio emergencial até o mês de dezembro deste ano. O beneficio está sendo pago a trabalhadores informais, beneficiários do Bolsa Família, do CadÚnico e desempregados.

PUBLICIDADE

Para todas estas pessoas que estão em situação vulnerável por conta da pandemia de covid-19, o Governo Federal disponibilizou o pagamento de R$ 600, e até o atual momento já foram feitas cinco parcelas mensais do benefício.

PUBLICIDADE

E agora a notícia é de que o Governo estuda continuar com o programa ao menos até o fim do ano, porém com parcelas menores. Ainda de acordo com informações do “O Globo”, o valor ainda não está definido, mas a possibilidade é de que seja pago R$ 200 nos meses após a quinta parcela do auxílio, até o final de 2020.

Anteriormente, o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, havia dito que o auxílio emergencial deixaria o Brasil endividado, caso fosse prorrogado por mais tempo. Depois de tais declarações, diversas discussões se levantaram entre populares e parlamentares sobre o assunto.

PUBLICIDADE

Com a pressão popular e a pandemia ainda ativa, desfavorecendo a retomada total da economia, o Governo pensou em lançar o programa Renda Brasil, em substituição ao Auxílio Emergencial e o Bolsa Família, mas não se sabe se este projeto sairá do papel ainda este ano.

Por conta disso, o auxílio emergencial poderá seguir sendo pago até dezembro, mesmo com valor inferior a R$ 600.

PUBLICIDADE

Escrito por Millena Carvalho

Estudante de Letras, apaixonada pela vida e pela arte. Comprometida com a seriedade em repassar informações verídicas e que enriqueça o conhecimento de nossos leitores.