in

OMS dá banho de água fria com novo anúncio: vacina contra o coronavírus só em 2021

A corrida das vacinas contra o coronavírus está a todo vapor em vários laboratórios do mundo, embora alguns estejam destacadamente a frente. Apesar disso, a Organização Mundial da Saúde fez um anúncio desanimador sobre a liberação das vacinas.

PUBLICIDADE

O que acontece é que os pesquisadores e os próprios laboratórios estão acelerando ao máximo a produção e pesquisas, o que tem aumentado a ansiedade da sociedade civil. No entanto, mesmo com a esperança, não haverá vacina ainda em 2020.

O diretor executivo da OMS destacou que as pesquisas estão, de fato, em estágio avançado. Mesmo com o otimismo, no entanto, Michael Ryan também pregou realismo já que antes de tudo as vacinas precisam ser seguras a população.

PUBLICIDADE

Outra preocupação da OMS é garantir justiça durante a distribuição das vacinas, para evitar que países ricos vacinem suas populações deixando o estoque vazio para países pobres, por exemplo. Todas essas questões precisam ser resolvidas.

A comunidade civil pode esperar uma vacina para 2021, mas precisa controlar as expectativas em relação ao que espera para este ano. Os testes estão sendo feitos e até o Brasil entrou na lista das principais vacinas em desenvolvimento.

PUBLICIDADE

Mesmo com o balde de água fria, no entanto, a notícia principal é positiva: as pesquisas estão avançadas e, mais importante ainda, os testes até aqui tem demostrado que as vacinas em desenvolvimento são seguras. Ainda falta um longo trajeto, mas as descobertas até aqui são positivas.

PUBLICIDADE

Escrito por Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.