in , ,

Pesquisadores conseguem criar filtro que é capaz de matar até 99,8 % do vírus Covid-19 em ambientes

Nos Estados Unidos, a equipe da Universidade de Houston foi capaz de criar um filtro de ar que consegue matar no mesmo instante o novo coronavírus. Dentro de laboratório, os pesquisadores utilizaram esse filtro para prender diversas bactérias e relataram que o mesmo é capaz de destruir até 99,8% dos vírus em apenas uma primeirada filtrada.

PUBLICIDADE

O material do filtro é feito de um produto de fácil acesso. Seu conteúdo possui uma espuma de níquel que não é muito resistente, mas, através dessa espuma, eles conseguiram realizar um filtro de ar capaz de destruir quase toda manifestação do vírus.

De acordo com os cientistas, o filtro precisa atingir a temperatura de 200ºC e, para isso, eles dobraram a espuma e conectaram fios elétricos, de forma que ele conseguiu atingir essa temperatura.

PUBLICIDADE

Para os cientistas, esse filtro pode ser usado em lugares onde há uma grande quantidade de pessoas, como em escritórios, aeroportos, em escolas, de modo a impedir que haja a propagação da covid-19.

O diretor do centro de pesquisa disse que, no princípio, quando eles criaram esse filtro, a intenção era de “prender” o vírus, porque o mesmo estava se espalhando nos Estados Unidos.Diante da descoberta, os cientistas melhoraram a pesquisa, porque descobriram que o coronavírus não pode sobreviver a uma temperatura elevada, como acima de 70ºC. Então eles criaram um filtro capaz de retirar o vírus do ar e aquecê-lo rapidamente, causando assim a sua morte.

PUBLICIDADE

A tecnologia será útil para lugares fechados, capaz de combater o vírus e destruir 99,8% da covid-19 no ar.

Além disso, essa tecnologia poderá servir para outros vírus atuantes em todo o mundo. A princípio, a invenção será enviada para lugares apropriados, em alto nível de exposição, como hospitais, escolas, aeroportos, e depois poderá chegar nas mãos dos consumidores.

Segundo os cientistas, outros riscos à saúde presentes no ar também poderão ser eliminados com o novo filtro. Assim, a invenção poderá oferecer além de um grande avanço no combate da pandemia atual como também de outras possíveis enfermidades.

PUBLICIDADE

Escrito por Cláudia LM

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.