in

Rússia registra primeira vacina contra o coronavírus do mundo e presidente diz que filha já foi imunizada

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, surpreendeu o mundo com o anúncio de que a primeira vacina contra a covid-19 do mundo foi registrada no país. Uma outra revelação do presidente gerou ainda mais surpresa, uma de suas filhas já foi imunizada.

PUBLICIDADE

Putin revelou que uma das filhas participou dos experimentos da vacina e recebeu a imunização. O chefe de Estado conta que a filha apresentou febre nos dois primeiros dias, mas já se recuperou, além de estar apresentando “grande número de anticorpos”, de acordo com o presidente.

Vladimir Putin era casado com Lyudmila Putina, com quem tem duas filhas: Maria Putin e Ekaterina Putina. Maria é endocrinologista pediátrica e a irmã, Ekaterina, é dançarina profissional. O presidente não especificou qual das duas teria tomado a vacina.

PUBLICIDADE

A corrida pela vacina tem sido um dos principais motivos de tensões e colaborações entre países do mundo todo. A Rússia, embora tenha registrado a primeira vacina do mundo, é observada com ceticismo por vários outros países.

Sobre a segurança da vacina, Putin afirma que “tem se mostrado eficiente e forma uma imunidade estável, e gostaria de repetir que passou em todos os testes necessários”.

PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde do país afirmou que a vacina tem duração de dois anos, segundo as pesquisas, e é eficaz. O mandatário ainda deixou claro que a vacinação não será obrigatória e apenas receberá a imunização quem assim desejar e decidir.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.